Saiba quais são as causas da infertilidade masculina e como diagnosticá-la

Dr. Irineu Iester Degasperi Saiba quais são as causas da infertilidade masculina e como diagnosticá-la

Por muito tempo acreditou-se que as causas de infertilidade estavam sempre relacionadas à mulher. Quando um casal não podia ter filhos, a principal responsabilidade era da esposa.

No entanto, isso mudou e hoje sabemos que os homens também podem ter problemas para ter filhos, e várias são as causas da infertilidade masculina. Uma das causas pode ser, por exemplo, o desequilíbrio hormonal do FSH e LH, ambos relacionados com a produção de espermatozoides.

Abaixo nós listamos as principais causas e como diagnosticá-las!

Causas da infertilidade masculina

1. Baixa produção de espermatozoides

Da mesma forma que algumas mulheres podem produzir uma quantidade inadequada de óvulos, o mesmo pode acontecer com os homens. A produção de espermatozoides pode não ser o suficiente para a geração de um embrião.

A medicina ainda não descobriu uma forma eficaz de aumentar a produção dessas células e melhorar a sua qualidade. O máximo que se pode fazer é administrar algumas substâncias como os hormônios FSH (Hormônio Folículo-Estimulante) e LH (Hormônio Luteinizante).

O diagnóstico é feito por meio de um exame chamado espermograma. Nele, o médico consegue identificar a quantidade de espermatozoides ejaculados. Os parâmetros de normalidade são de 20 milhões e 50% deles com motilidade normal, ou seja, com capacidade de superar todos os obstáculos do interior do corpo feminino até chegar e fecundar o óvulo em uma das tubas uterinas.

Quando não se sabe a causa — não há alteração hormonal, varicocele ou infecções que são as causas mais comuns —, é dito que a infertilidade é sem causa aparente. Nesse caso, o mais indicado é utilizar técnicas de reprodução assistida, como fertilização in vitro (FIV) e inseminação artificial, sendo este um procedimento menos complexo que aquele.

2. Varicocele

Também conhecida como varizes nos testículos, a varicocele caracteriza-se por uma dilatação anormal dos vasos dos testículos, que prejudica o retorno venoso e diminui a qualidade do sêmen. Isso ocorre porque faltam os nutrientes levados pelo sangue.

O diagnóstico é realizado por meio de um exame físico, e o próprio paciente pode notar essa dilatação das veias. Para a confirmação, podem ser utilizados exames como a ecografia testicular, a cintilografia dos testículos ou a ultrassonografia.

No caso de diagnóstico positivo para varicocele, a realização do procedimento cirúrgico pode ser ou não necessária. Há alguns casos em que a varicocele não provoca infertilidade e, portanto, o procedimento invasivo pode ser desconsiderado.

Há 3 técnicas cirúrgicas utilizadas para realizar a correção da varicocele, sendo a microcirurgia subinguinal a que consegue oferecer melhores resultados. É necessária a aplicação da anestesia geral ou raquidiana, que dura de 1 a 2 horas. Os resultados podem levar de 6 a 12 meses para aparecer.

3. Disfunções hormonais

Há três hormônios masculinos que podem provocar a infertilidade: o FSH, o LH e a testosterona. Vejamos a função de cada um deles:

 

4. Quadros infecciosos

Infecções também podem causar a infertilidade masculina. Elas podem obstruir os canais pelos quais ocorre a passagem dos espermatozoides para os testículos. Mesmo a obstrução parcial pode ser prejudicial e causar a infertilidade.

As ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis) — clamídia, ureaplasma, neisseria e tricomoníase — provocam processos infecciosos no canal de ejaculação. Isso, por sua vez, altera as taxas de espermatozoides presentes no sêmen.

Gostou de saber quais as principais causas da infertilidade masculina? Então curta a nossa página no Facebook e fique sempre atualizado sobre assuntos relacionados à saúde!

Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de
Curiosidades sobre os óvulos
Curiosidades sobre os óvulos

Você sabia que o óvulo maduro humano atende, oficialmente, pelo nome de ovócito secundário? Isso porque ele é fruto da divisão divisão celular de um estágio preliminar, o ovócito primário. Trata-se de uma célula “enorme”, se comparada a muitas outras, com o tamanho aproximado de […]

Continue lendo...

Agende sua consulta online

Agendar agora

+55 (27) 3200-4818

+55 (27) 98884-4818

@unifert

@clinica_unifert


Rua Dr. Freitas Lima, 100 – Centro de Vila Velha, Vila Velha – ES