É verdade que o ácido fólico ajuda a engravidar? Entenda aqui

Dr. Fernando Ferreira Chagas É verdade que o ácido fólico ajuda a engravidar? Entenda aqui
É verdade que o ácido fólico ajuda a engravidar? Entenda aqui
5 (100%) 4 votoss

Muitas mulheres já escutaram que precisam começar a tomar vitaminas, como o ácido fólico, se quiserem ter filhos. Entretanto, o que nem todos sabem é que esse nutriente não aumenta a fertilidade feminina, mas provoca outros importantes efeitos no organismo.

Acompanhe este post e entenda por que o ácido fólico é tão importante para a gestação; em quais alimentos ele é encontrado; qual a quantidade ideal para apresentar os efeitos esperados. Além disso, descubra se é mito ou verdade que ele ajuda a engravidar. Prossiga com a leitura!

O que é ácido fólico e onde encontrá-lo?

O que conhecemos como ácido fólico é um nutriente do complexo B: a vitamina B9. Essa substância está presente em diversas funções do organismo. Entre os seus benefícios para a saúde geral estão o fortalecimento do sistema imunológico, o auxílio na prevenção de doenças cardíacas e a prevenção da anemia.

Essa vitamina é naturalmente encontrada nos seguintes alimentos: espinafre, couve, feijão, lentilha, quiabo, fígado de aves, fígado bovino, cereais enriquecidos, entre outros. Como a quantidade ideal de ácido fólico nem sempre é obtida com a alimentação, em muitos casos, apenas o consumo diário de suplementos possibilita isso.

Trata-se de um nutriente essencial no início da gravidez indicado às futuras mães, mesmo antes da concepção. A suplementação de ácido fólico é necessária para evitar a malformação do sistema nervoso do feto, assim como para prevenir a anemia materna e reduzir o risco de a criança apresentar baixo peso ao nascer.

Além de estar presente em muitos alimentos, o ácido fólico em forma de suplemento é facilmente encontrado em farmácias e postos de saúde. No entanto, o consumo do nutriente deve ser feita de acordo com as recomendações de um especialista.

A ingestão de ácido fólico ajuda a engravidar?

Ao contrário do que é dito sobre o assunto, não há comprovações de que o ácido fólico ajude a engravidar, o que significa que a ingestão do nutriente não torna a mulher mais fértil. A necessidade da vitamina se deve, principalmente, a sua importância para a formação do feto.

Portanto, ainda que não aumente as chances de uma concepção, a ingestão desse nutriente é fundamental por diversas razões, sobretudo para o bom desenvolvimento do tubo neural do feto. Essa estrutura é responsável por formar o cérebro e a medula espinhal do bebê já nos primeiros 30 dias de gestação. Alterações nesse processo de formação podem resultar em sérios problemas, como espinha bífida ou anencefalia.

De acordo com a diretriz da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre suplementação diária de ferro e ácido fólico em gestantes, o consumo do nutriente deve ser de 400 µg (0.4 mg) por dia.

Ainda segundo a OMS, a suplementação do ácido fólico é necessária bem no início da gestação, porque é até o 28º dia que o tubo neural do feto se fecha. Como a gravidez leva algumas semanas para ser confirmada, os médicos costumam indicar a ingestão da vitamina cerca de um mês antes de a mulher engravidar, seguindo com o tratamento ao longo de todo o primeiro trimestre gestacional, a fim de promover outros benefícios à saúde da mãe e do bebê.

Por que o acompanhamento médico é tão importante para quem pretende engravidar?

Diante da decisão de engravidar, é essencial iniciar o acompanhamento médico. O especialista vai avaliar a saúde da futura gestante, fornecer as devidas orientações — alimentar-se de forma saudável e evitar estresse, álcool e cigarro etc. — e solicitar importantes exames para verificar carência de vitaminas, dosagem hormonal, tipo de sangue, rubéola, toxoplasmose, sífilis, hepatite, AIDS, entre outras condições que possam interferir em uma gestação saudável.

Agora você já sabe que não é comprovada a informação de que ácido fólico ajuda a engravidar, mas também sabe o quanto esse nutriente é importante para a saúde da gestante e para a formação do bebê.

Para receber mais conteúdos sobre gravidez e fertilidade, não deixe de assinar nossa newsletter!

Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de
Como identificar a infertilidade masculina?
Como identificar a infertilidade masculina?

Como identificar a infertilidade masculina?Avalie essa postagem! Para ocorrer a gravidez é preciso que o óvulos e espermatozoides estejam disponíveis e em boa qualidade. Muitas vezes, nesse processo, o foco fica na mulher, sendo que o homem também tem as funções que precisam ser observadas. […]

Continue lendo...

Agende sua consulta online

Agendar agora

+55 (27) 3200-4818

+55 (27) 3299-0510

+55 (27) 98884-4818

@unifert

@clinica_unifert


Rua Dr. Freitas Lima, 100 – Centro de Vila Velha, Vila Velha – ES