Gravidez na menopausa

admin Gravidez na menopausa
Gravidez na menopausa
5 (100%) 1 votos

A menopausa ocorre quando os ovários cessam a ovulação, havendo o desequilíbrio hormonal, e a mulher passa a não menstruar mais. Esse processo pode ocorrer entre os 45  e os 55 anos de idade, validando assim o final do período fértil feminino. Os ovários já podem apresentar sinais aos 40 anos, com a reserva bem reduzida de óvulos.

Para as mulheres que desejam postergar a gestação, é importante buscar o quanto mais jovem um médico especialista em Reprodução Humana Assistida para realização de exames que irão informar a reserva ovariana e as indicações para a preservação da fertilidade como através do Congelamento de Óvulos.

No caso das mulheres que não possuem óvulos congelados, é possível recorrer a Fertilização in vitro com uso de Óvulos Doados ou a opção de Embriões Doados. É importante pontuar que a doação, tanto de óvulos quanto de embriões é Anônima e as doadoras devem ter idade até 35 anos.   

Para a Recepção de Óvulos Doados, é necessário realizar um cadastro no programa de ovodoação e aguardar uma doadora compatível disponível. Os óvulos doados serão fertilizados com o sêmen do companheiro da receptora e os embriões em desenvolvimento serão posteriormente transferidos para o útero da mulher receptora. Para receber os embriões em desenvolvimento, é realizado previamente um preparo do útero através de medicações específicas. As taxas de gravidez são semelhantes a mulheres até 35 anos, em torno de 50%.

A Recepção de Embriões Doados ocorre de forma parecida ao processo descrito acima, porém os óvulos foram fertilizados com o sêmen do companheiro da doadora. Os embriões em desenvolvimento criopreservados na clínica de Reprodução Assistida são transferidos para o útero da mulher receptora, o qual passou por um preparo prévio. As taxas de gravidez são similares às descritas acima.

Qualquer que seja o procedimento, é importante procurar uma clínica especializada para orientar qual a melhor abordagem e verificar as condições de saúde, física e mental da mulher receptora, uma vez que o Conselho Federal de Medicina, em resolução no 2.168/2017 informa que mulheres acima de 50 anos não devem se submeter a estes procedimentos, exceto aquelas justificadas pelo médico assistente.

Outra recomendação é relativa a saúde da mulher, tratamentos de infertilidade não são aconselhados para grupos de risco que tenham doenças que não estejam tratadas e/ou controladas, como diabetes, hipertensão e problemas cardíacos.

Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de
Quantas vezes podemos repetir a FIV?
Quantas vezes podemos repetir a FIV?

Quantas vezes podemos repetir a FIV?Avalie essa postagem! A Fertilização in Vitro, é um dos métodos mais utilizados na medicina reprodutiva e às vezes se faz necessário repetir o procedimento, pois,  mesmo com o acompanhamento médico e realização de toda a investigação, pode haver falhas. […]

Continue lendo...

Agende sua consulta online

Agendar agora

+55 (27) 3200-4818

+55 (27) 3299-0510

+55 (27) 98884-4818

@unifert

@clinica_unifert


Rua Dr. Freitas Lima, 100 – Centro de Vila Velha, Vila Velha – ES