O que é orquite e como tratá-la?

Dr. Carlyson Pimentel Moschen O que é orquite e como tratá-la?

Já ouviu falar em orquite? Se você planeja ter um filho, é importante conhecer essa doença e entender de que forma o problema pode afetar a fertilidade masculina.

Trata-se de uma inflamação, aguda ou crônica, que afeta os testículos. Ela pode ser uni ou bilateral e é causada por vírus, bactérias ou traumatismos.

O quadro também pode provocar uma inflamação no epidídimo. Esse canal do sistema reprodutor masculino é responsável por armazenar os espermatozoides enquanto amadurecem e conduzi-los durante a ejaculação.

Neste post, você verá quais são as causas, os principais sintomas e os possíveis tratamentos para a orquite. Acompanhe!

Quais as causas da orquite?

Diversos fatores podem provocar a orquite. Entre as múltiplas causas da doença, estão:

Quais os principais sintomas da doença?

A orquite é um problema que, se não for identificado e acompanhado a tempo, pode gerar sérias consequências para o sistema reprodutor masculino. Portanto, é necessário ficar atento aos primeiros sinais da doença e procurar ajuda médica.

O chefe do setor de Urologia do Hospital Federal do Andaraí (RJ), Pedro Augusto Reis, esclarece que os principais sintomas da orquite incluem: dor forte nos testículos, inchaço, vermelhidão e, em alguns casos, febre.

Como é feito o diagnóstico?

Para diagnosticar a orquite, o médico faz uma avaliação clínica, identifica os sinais e sintomas da doença com base nos relatos do paciente e, em seguida, solicita uma série de exames. Entre eles:

É possível prevenir-se?

A ocorrência de orquite tende a diminuir diante do cuidado para não contrair infecções bacterianas, mas a contaminação por vírus é mais difícil de ser evitada. O uso de preservativos também é necessário para prevenir ISTs.

O acompanhamento regular com um urologista e a identificação precoce de problemas na próstata ou infecções urinárias são outras formas de evitar o aparecimento de orquite — ou de viabilizar o tratamento logo no início.

Como tratar?

Os quadros causados por fungos, bactérias e vírus necessitam de intervenção de ação específica para a anulação do agente causador da doença. Medicamentos como antibióticos, analgésicos e anti-inflamatórios também são indicados para o alívio da dor e para atenuar a inflamação.

As recomendações ainda incluem compressas geladas, repouso e uso de suporte para elevar os testículos. Casos mais graves, se não forem devidamente tratados, podem levar à formação de abcessos e pus na região do escroto, atrofia do testículo, generalização da infecção e infertilidade. Em raras situações, é necessária a remoção dos testículos.

Compreendeu o que é orquite e quais são os riscos de não tratá-la? Lembre-se de que, se o problema for previamente identificado e tratado, é possível curá-lo sem ficar com nenhuma sequela.

Você conhece alguém que já teve orquite? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe um comentário!

Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de
Mês de conscientização da Endometriose
Mês de conscientização da Endometriose

No mês de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Mas além dessa data já conhecida, também comemoramos o Mês da Conscientização da Endometriose. A endometriose é uma doença que afeta muitas mulheres pelo mundo, podendo causar desconforto e até infertilidade. Porém, infelizmente, conseguir […]

Continue lendo...

Agende sua consulta online

Agendar agora

+55 (27) 3200-4818

+55 (27) 98884-4818

@unifert

@clinica_unifert


Rua Dr. Freitas Lima, 100 – Centro de Vila Velha, Vila Velha – ES