5 motivos para você congelar seus óvulos

admin

O congelamento de óvulos é uma opção para mulheres que desejam adiar a decisão de ter filhos. As razões para tanto podem variar conforme o caso. Por isso, hoje, trouxemos 5 motivos relevantes para optar pelo procedimento.

  1. Tempo para planejar

Ter filhos não é tarefa simples. Requer esforço e recursos contínuos. Pode ser que você esteja ainda por completar uma faculdade, ou precisando se dedicar integralmente a um emprego, de modo que a maternidade possa comprometer seus outros sonhos. Com o congelamento, você pode optar por engravidar muitos anos depois, quando o momento for mais propício e você já puder ter planejado essa grande decisão com calma.

  1. Postergação da fertilidade

Do ponto de vista fisiológico, a medicina reconhece o intervalo dos 20 aos 29 anos como faixa ideal para gravidez. Depois dos 30 anos, tanto a quantidade quanto a qualidade dos óvulos começa a diminuir drasticamente. O relógio biológico é ainda aliado a pressões sociais sobre o papel feminino, e muitas mulheres têm chegado a essa idade “limite” sem estarem certas sobre engravidar ou não. Com o congelamento, por sua vez, a pressão não tem lugar. Assim, mesmo com 40 anos, por exemplo, uma mulher poderá engravidar com as mesmas chances que uma mulher de 29, se ela tiver congelado os óvulos na idade mais fértil dos 29 anos.  

  1. Diminuição dos riscos de alterações cromossômicas fetais

A idade do óvulo é fundamental também para evitar o risco de doenças cromossômicas fetais e alterações genéticas como a Síndrome de Down. Calcula-se que a média de incidência dessa síndrome é de 1 para cada 90 mil crianças nascidas, considerando-se a população em geral. No caso de mulheres grávidas com mais de 35 anos, essa incidência diminui de 1 para cada 9 mil crianças nascidas. Como se trata de uma questão de idade do óvulo  e não do útero, uma mulher que congelou seus óvulos até os 35 anos diminui os riscos de alterações cromossômicas no embrião. 

  1. Preservação da fertilidade em caso de doenças oncológicas

Os pacientes com câncer normalmente têm sua saúde reprodutiva afetada por conta das sessões de quimioterapia e radioterapia, comuns em muitos casos de doenças oncológicas. O congelamento de óvulos, associado às técnicas de reprodução assistida, abre uma janela para que o desejo de ter filhos seja possível a esses pacientes, desde que criopreservados antes do tratamento.

  1. Prevenção em caso de menopausa precoce no histórico familiar 

A medicina confirma que o histórico familiar influencia nos casos de menopausa precoce, quando os ovários deixam de funcionar antes dos 40 anos e, em alguns casos, até antes dos 30. Portanto, se uma mãe ou irmã entrou cedo na menopausa, essa mulher talvez possa se beneficiar do congelamento para preservar sua fertilidade, o quanto antes, se prevenindo da condição já verificada na família.

0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Conheça os exames realizados pela Unifert
Conheça os exames realizados pela Unifert

O primeiro passo para quem procura um tratamento de reprodução assistida é a consulta com o especialista. O médico deve estar apto a escutar seus desejos e sonhos e, além de transcrever dados importantes, solicitar alguns exames para determinar o caminho mais adequado. Por isso, […]

Continue lendo...

Agende sua consulta online

Agendar agora

+55 (27) 3200-4818

+55 (27) 98884-4818

@unifert

@clinica_unifert


Rua Dr. Freitas Lima, 100 – Centro de Vila Velha, Vila Velha – ES