Criopreservação

Criopreservação
Criopreservação
Avalie essa postagem!

Na área de reprodução humana assistida, criopreservação é o nome dado às técnicas de congelamento de espermatozoides, óvulos ou embriões para que possam ser utilizados futuramente ou doados a casais inférteis que estejam buscando a gravidez.

Atualmente, a criopreservação é bastante utilizada em técnicas de reprodução assistida, como a fertilização in vitro (FIV), para preservar gametas ou embriões excedentes ou para viabilizar a técnica a casais inférteis.

Atualmente, a técnica mais moderna e utilizada é a de vitrificação (congelamento ultrarrápido de materiais biológicos), que praticamente substituiu a de congelamento lento devido a melhores resultados.

Ambas as técnicas utilizam o nitrogênio líquido como substância para o resfriamento a 196 oC negativos, mas o congelamento lento produz cristais de gelo no interior das células, prejudicando a estrutura celular e a possibilidade de uso após o descongelamento. Já a vitrificação utiliza soluções crioprotetoras para impedir a formação dos cristais.

Indicações da criopreservação

Existem algumas situações em que a criopreservação é especialmente indicada:

Os homens que queiram fazer o congelamento dos gametas por qualquer razão devem procurar uma clínica para encaminhamento adequado. A coleta dos espermatozoides é feita por masturbação ou, se o homem tiver quadro de azoospermia, por punção nos testículos.

As mulheres que queiram criopreservar seus óvulos para utilização futura também devem procurar uma clínica. No caso das mulheres, o processo é um pouco mais complexo porque elas devem se submeter a uma estimulação ovariana e à indução da ovulação por meio da utilização de hormônios específicos.

A vitrificação e o congelamento lento

Embora a vitrificação e o congelamento lento tenham as mesmas finalidades, os procedimentos são diferentes, o que gera taxas de sucesso de gravidez após descongelamento também diferentes. Em ambas as técnicas, é importante que o material a ser congelado seja avaliado e selecionado de acordo com a sua qualidade. Isso aumenta as taxas de sucesso pós-descongelamento.

A vitrificação reduz a temperatura do material a 196 oC em poucos minutos e faz uso de uma grande quantidade de crioprotetores para impedir a formação de cristais de gelo no interior das células, que prejudicam a estrutura celular. Conforme a temperatura diminui, o material biológico é imerso em soluções cada vez mais concentradas de crioprotetores.

Essa técnica surgiu como alternativa porque o método de resfriamento empregado no congelamento lento é justamente o de indução da produção de cristais de gelo no interior das células, prejudicando sua estrutura. Como na vitrificação não há a formação de cristais de gelo, a estrutura celular se mantém mais preservada e os índices de sucesso das técnicas de reprodução assistida são expressivamente elevados. Por esse motivo, a vitrificação é a técnica de congelamento mais indicada atualmente.

Ambas as técnicas podem manter o material congelado preservado por tempo indeterminado em tanques de nitrogênio líquido.

Quando o casal precisa do material congelado, é solicitado o descongelamento. Na técnica de vitrificação, o descongelamento também é feito em poucos minutos e, conforme a temperatura vai aumentando, vão sendo retiradas as soluções crioprotetoras para que as células recuperem suas propriedades originais. Já no congelamento lento, o aquecimento do material também é lento.

Em ambas as técnicas, os espermatozoides, os óvulos ou os embriões descongelados passam por uma análise laboratorial para avaliar sua qualidade antes de serem utilizados.

Índices de sucesso

O sucesso do congelamento e do descongelamento depende da qualidade do material congelado, mas a vitrificação, de modo geral, preserva a estrutura celular em cerca de 95% dos casos.

0 Comentários

Os comentários estão fechados.

Última postagem do blog

Assine Nossa Newsletter

E receba gratuitamente conteúdos exclusivos diretamente em seu e-mail!

Agende sua consulta online

Agendar agora

+55 (27) 3200-4818

+55 (27) 98884-4818

@unifert

@clinica_unifert


Rua Dr. Freitas Lima, 100 – Centro de Vila Velha, Vila Velha – ES