Histerossalpingografia: o que é e como é feito o exame?

Dr. Carlyson Pimentel Moschen Histerossalpingografia- o que é e como é feito o exame?
Histerossalpingografia: o que é e como é feito o exame?
Avalie essa postagem!

Os casais que não conseguem engravidar após 1 ano de tentativas podem procurar um médico especialista em reprodução humana para analisar sua fertilidade. A investigação da infertilidade tem início na entrevista realizada na primeira consulta. Depois disso, o médico faz o exame físico e solicita os exames laboratoriais e de imagem que forem necessários.

Existem diversos exames de imagem que avaliam o sistema reprodutor feminino. Os principais são a ultrassonografia transvaginal, a videohisteroscopia e a histerossalpingografia.

No texto de hoje, falaremos sobre a histerossalpingografia, como ela é feita e qual sua importância. Confira!

O que é a histerossalpingografia?

A histerossalpingografia é um exame ginecológico de imagem que utiliza raio-X e contraste para a visualização da cavidade uterina e das tubas. Ele possibilita que esses órgãos sejam avaliados com maior precisão e ajuda no diagnóstico de possíveis alterações uterinas ou tubárias.

O contraste é injetado na cavidade uterina e na sequência são realizados raios-X para o estudo anatômico do útero e das trompas. As seguintes alterações podem ser identificadas:

Qual a importância do exame?

A histerossalpingografia é um dos exames primordiais na avaliação do órgão reprodutor feminino. Ele permite a identificação detalhada de alterações que não podem ser bem visualizadas por meio do exame de ultrassonografia transvaginal, que é um exame menos invasivo.

A identificação correta do tipo de alteração presente na cavidade uterina ou nas tubas uterinas permite saber com mais clareza o que está impedindo a gravidez de acontecer. Por exemplo:

O diagnóstico feito com base nos resultados da histerossalpingografia guia o tratamento que será prescrito pelo médico.

Como é feito o exame?

O exame pode ser realizado em consultório ou em laboratório especializado. O procedimento dura entre 20 e 30 minutos e a paciente vai para casa no mesmo dia. O exame acontece em etapas:

O médico pode solicitar que a paciente mude de posição durante o exame para que o líquido percorra mais espaços e a visualização seja feita de outros ângulos. Em alguns casos, o contraste pode desobstruir as tubas uterinas e facilitar a gravidez.

A histerossalpingografia é um dos exames mais importantes no diagnóstico preciso da infertilidade, por isso é importante conhecê-lo melhor.

Agora, se tiver ficado alguma dúvida ou quiser contar a sua experiência com esse exame, deixe um comentário neste post!

Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de
Como preservar sua fertilidade?
Como preservar sua fertilidade?

Como preservar sua fertilidade?Avalie essa postagem! A fertilidade depende de vários fatores, mas através do congelamento (criopreservação) é possível preservar óvulos, sêmen, embriões e/ou tecido ovariano. Por meio da criopreservação com o uso da técnica de vitrificação é possível manter o material armazenado em nitrogênio […]

Continue lendo...

Agende sua consulta online

Agendar agora

+55 (27) 3200-4818

+55 (27) 3299-0510

+55 (27) 98884-4818

@unifert

@clinica_unifert


Rua Dr. Freitas Lima, 100 – Centro de Vila Velha, Vila Velha – ES